Deputados do PRB integram comitiva que recebeu primeiro-ministro da China no Congresso Nacional

O deputado republicano Fausto Pinato (PRB/SP), idealizador da Frente Parlamentar Brasil-China, esteve presente na recepção ao primeiro-ministro da China, Li Keqiang, no Congresso Nacional, nesta terça (19). A reunião conduzida pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, e do Senado Federal, Renan Calheiros, teve como finalidade fortalecer a cooperação parlamentar entre os dois países. O secretário de Comunicação Social da Câmara, deputado Cleber Verde (PRB-MA), e o 1º secretário da Mesa Diretora, deputado Beto Mansur (PRB-SP), também participaram do encontro.

Pinato acredita que a relação do Brasil com a China pode ser mais lucrativa para ambas as nações. “Estamos em contato com representantes da Associação Chinesa do Brasil, em São Paulo, e acreditamos que essa parceria pode avançar nas questões de infraestrutura, setor energético e agronegócio”, defendeu.

Beto Mansur e Cleber Verde também recepcionaram o primeiro ministro  

Durante na reunião, Eduardo Cunha explicou como funciona o sistema político brasileiro, ressaltando a representatividade da Câmara e do Senado. “É do nosso apreço a troca não só comercial, mas também a troca em termos culturais com a China. Temos certeza de que no futuro as relações entre o Brasil e a China serão aprofundadas”, afirmou.

O primeiro-ministro agradeceu a hospitalidade e disse que existe uma cooperação em todas as áreas, o que reforça a amizade China-Brasil. “Não importa a região ou partido dos parlamentares presentes. Acredito que todos que estão aqui tenham interesse em aprofundar essa amizade”, acrescentou.

Após a reunião de líderes, o presidente Eduardo Cunha informou que, por decisão do Colégio de Líderes, dois projetos de ratificação de acordos internacionais celebrados entre os países do Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) entrarão na pauta do plenário.

Por Mônica Donato com informações da Agência Câmara
Fotos: Douglas Gomes 

http://www.prb10.org.br/index.php

Comentário(s)

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *