PRB vota por unanimidade pela aprovação do impeachment

PRB vota por unanimidade pela aprovação do impeachmentO impeachment da presidente Dilma Rousseff foi aprovado por 367 deputados, na noite deste domingo (17), com os votos dos 22 parlamentares republicanos, que, por unanimidade, se manifestaram favoráveis ao processo. A sessão começou às 14h e se prolongou até às 23h47.

Jhonatan de Jesus_Voto_ImpeachmentO primeiro republicano a votar foi o deputado Jhonatan de Jesus (RR) às 17h50 pela região Norte. “Nem a favor do PMDB e nem do PT – com a consciência do povo brasileiro – digo ao meu estado de Roraima e aos médicos de todo o Brasil: sim ao impeachment”, declarou. O segundo foi Carlos Gomes (RS), às 17h52, pela região Sul. “Em nome das famílias gaúchas e das pessoas que com trabalho constroem o país, eu voto sim”, afirmou Carlos Gomes.Carlos_gomes_Voto_impeachment

Seguindo o critério de alternância entre as regiões, foram chamados os deputados Silas Câmara (AM), Lindomar Garçon (RO), João Campos (GO), Alan Rick (AC) e César Halum (TO). “Em memória do meu irmão, João Halum, que me ensinou a combater a corrupção digo sim ao impedimento da presidente Dilma”, disparou Halum.

Eram 19h29 quando Antonio Bulhões foi chamado para votar. A bancada estadual de São Paulo contribuiu com sete votos favoráveis. Além dele, Beto Mansur, Celso Russomanno, Marcelo Squassoni, Roberto Alves, Sérgio Reis e Vinicius Carvalho seguiram a orientação do partido.

sergio_reis_voto_impeachment“Nesse plenário não tem ninguém que conheça o Brasil quanto eu. São 58 anos de carreira e sempre sou recebido com muito carinho em todas as cidades e estados. Hoje é um momento importante para mim porque precisamos mudar essa situação. Não é possível que nós tenhamos mais de 10 milhões de brasileiros desempregados e o povo morrendo nos hospitais e ninguém faça nada. Meu voto é sim”, afirmou Sérgio Reis.

Celso Russomanno, que está no quinto mandato de deputado federal, tambémcelso_russomanno_voto_impeachment votou pela admissibilidade. “O meu estado de São Paulo me deu honra de ser o deputado federal mais votado do Brasil com mais de 1,5 milhão de votos. Não poderia de forma nenhuma decepcionar as pessoas que votaram em mim. Pelo meu estado, pela família brasileira e pela minha família – a geração dos meus filhos e netos – digo sim ao impeachment”.

Cleber Verde (MA) e Ronaldo Martins (CE) foram os primeiros republicanos nordestinos a dizer SIM ao impeachment. A votação, que durou mais de quatro horas, chegou então à região Sudeste, contando com a participação dos deputados Roberto Sales (RJ), Rosangela Gomes (RJ) e Lincoln Portela (MG). “Por Nova Iguaçu e pelo Brasil. Para mudar tudo, tirar essa gente que enganou o povo, mascarou números e continua mentindo, digo sim ao impeachment”, votou Rosangela.

O líder Márcio Marinho (BA) foi direto: “Em nome do Brasil, da Bahia, dos evangélicos e todos os cristãos do país etia_eron_voto_impeachment também pela coerência do PRB, voto sim”. A deputada Tia Eron (BA) completou: “Sou a voz da mulher negra e nordestina, que não aceita mais as migalhas desse governo porque tem dignidade para trabalhar e vencer. Sou a voz do nosso presidente Marcos Pereira, que traz unidade para o PRB. A voz dos jovens e das crianças de Salvador e da Bahia”.

Quando o deputado Jony Marcos (SE) declarou o último voto do PRB, o impeachment já havia sido aprovado pelo plenário, às 23h08, e o povo já comemorava nas ruas de todo o país.

Texto: Mônica Donato e Sérgio Chacon / Ascom – Liderança do PRB
Fotos: Douglas Gomes

Comentário(s)

Comentário(s)

Um comentário em “PRB vota por unanimidade pela aprovação do impeachment

  1. Thanx for a very informative site. Where else may I get that type of info written in such an ideal method? I have a venture that I’m simply now running on, and I’ve been on the look out for such infonmatior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.