Instalada Frente Parlamentar em apoio a jovem vulnerável

PRB (B) 2017_05_09-2782A Frente Parlamentar Mista de Apoio ao Protagonismo Infantojuvenil foi instalada na manhã desta terça-feira (9), na Câmara dos Deputados, com uma pauta que prevê maior inserção do jovem em situação de vulnerabilidade no mercado de trabalho. O presidente do colegiado, deputado Antonio Bulhões (PRB-SP), agradeceu o apoio dos parlamentares e informou que, juntamente com o senador Valadares, já está realizando um levantamento dos projetos sobre o tema que tramitam na Câmara e no Senado Federal.

“Queremos dar celeridade na apreciação dessas propostas. Entraremos em contato com as entidades, as fundações e as pessoas que lidam diretamente com esses jovens para dar um suporte no que diz respeito à profissionalização. Se já é difícil para um jovem que estuda e tem sua família entrar no mercado de trabalho, imagine para um que vive em situação de vulnerabilidade. A frente vai trabalhar para criar oportunidades e ajudá-los”, adiantou Bulhões.

Deputado estadual José Arimatéia

Deputado estadual José de Arimatéia

O deputado estadual da Bahia, José de Arimatéia, é um dos idealizadores da frente que teve início na Bahia e depois seguiu para Ceará, Pernambuco, Alagoas e Rio Grande do Norte. “Hoje, graças ao trabalho do deputado Bulhões, a nossa ideia chega ao Congresso Nacional. Há um déficit de contratação de jovens no mercado de trabalho que precisa ser corrigido. A Lei Nº 10.097 de 2000, que determina que as empresa de médio e grande porte são obrigadas a contratar o menor aprendiz, infelizmente, ainda não está sendo cumprida”, disse.

O presidente da empresa Residência Educação, um grupo educacional que oferece cursos de ensino à distância, participou da reunião e cedeu um milhão de vagas para serem preenchidas por jovens que atendam aos requisitos do colegiado. “Precisamos fazer mais com menos. A sociedade civil organizada só sairá dessa crise quando tiver a participação conjunta entre o ente público e o privado. Participamos anteriormente do Edital 79 do Ministério da Educação e doamos um milhão e cem mil vagas. Hoje, nossa instituição doou mais um milhão de vagas para atender esses jovens em situação de vulnerabilidade nos cursos que promovemos”, informou Hélio Laranjeira.

Conciliadora Mafra Merys

Conciliadora Mafra Merys

Para a conciliadora Mafra Merys, do Poder Judiciário do estado de Sergipe, a ideia não é criar novas leis, mas fazer as que existem funcionar. “Lei não se discute, se cumpre. A expectativa do jovem quando chega, ainda criança, aos abrigos, é de ser adotado. Logo ele vira adolescente e isso não acontece. E o que é pior, quando completa 18 anos, ele ganha do estado um presente: a rua. O que fazer com esse jovem? Essa frente tem esses jovens como público alvo. São adolescentes de 14 a 24 anos, que podem ser assistidos, mas, infelizmente, sabem onde buscar informação. Ele não sabe onde se cadastrar e onde procurar. Estamos aqui para ajudar a frente nesse trabalho”, argumentou Mafra.

O deputado César Halum (PRB-TO) considera a frente da maior relevância. “Sabemos das dificuldades que os jovens enfrentam para entrar ao mercado de trabalho. Nós que somos parlamentares, recebemos centenas de mães desesperadas que batem nas portas dos nossos gabinetes em busca de uma ocupação para o filho. Elas têm medo de que eles acabem sendo cooptados pela criminalidade ou prostituição. Infelizmente, a sociedade foge da sua responsabilidade, querendo sempre encontrar outro culpado”, destacou o tocantinense.

Deputado Vinicius Carvalho

Deputado Vinicius Carvalho

Vinicius Carvalho, do PRB de São Paulo, destacou a importância do trabalho para os jovens. “Eu me criei numa favela do Rio de Janeiro e 70% dos meus amigos já morreram por conta do tráfico. Trabalho desde os 12 anos com meus pais e sei levantar uma parede de alvenaria, além de fazer trabalho hidráulico e elétrico. Meu pai sempre me ensinou que para ter dinheiro tinha que trabalhar. O que esses jovens precisam é de uma oportunidade”, ressaltou o deputado.

 

 

OPRB (B) 2017_05_09-2778 secretário de Comunicação da Câmara, deputado Márcio Marinho (PRB-BA), encerrou o ato de instalação elogiando o deputado Antonio Bulhões pela sensibilidade de trazer um tema tão delicado para o parlamento. “Aqui nesta Casa existem várias frentes, mas nenhuma com esse objetivo tão nobre de valorizar a criança e o jovem oriundo de abrigos. A gente sabe da dificuldade que os jovens passam para adentrar no mercado de trabalho. Muitas vezes são presas fáceis para a criminalidade, por uma camisa ou um tênis, que não têm condições de comprar”, acrescentou.

Por Mônica Donato (Ascom Liderança do PRB na Câmara)

Fotos: Douglas Gomes

Comentário(s)

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *