Cleber Verde recebe representantes do Conselho Nacional de Assistência Social

DSC_0551O líder Cleber Verde (PRB-MA) recebeu em seu gabinete, na última quinta-feira (21), representantes do Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS) de todo o Brasil. Eles manifestaram indignação ao corte orçamentário de mais de 3 bilhões de reais, apresentado pelo Ministério do Planejamento ao Legislativo, para serviços de assistência social.

Verde declarou apoio ao trabalho dos assistentes sociais e prometeu se empenhar para evitar que os recursos sejam contingenciados. “Esses cortes vão deixar milhões de brasileiros desassistidos. Sabemos que são direitos sociais constitucionais e precisamos nos posicionar. Somos da base do governo e temos o dever de lutar para minimizar esse contingenciamento. A deputada republicana Rosangela Gomes (RJ) é relatora setorial do Orçamento 2018. Vamos marcar um encontro com ela”, adiantou o líder.

O coordenador da Comissão de Financiamento e Orçamento do CNAS, Carlos Nambu, considera o corte orçamentário um retrocesso. “Esses recursos serão retirados dos serviços que atendem diretamente à população. Cabe evidenciar o impacto que haverá nos serviços de acolhimento ofertados pelos municípios brasileiros. Estamos falando de abrigos que atendem 30 mil crianças e adolescentes, 36 mil idosos, 20 mil adultos e famílias que se encontram em situação de rua ou de desabrigo por abandono”, explicou.DSC_0532

Klatia Vieira, também representante do CNAS, afirmou ter esperança de conseguir reduzir o corte. “Com esse corte a assistência não caminha. Estamos em luta e precisamos saber com quem podemos contar. Agradecemos o apoio do senhor e da bancada do PRB”, acrescentou.

A visita ao gabinete do deputado Cleber Verde, em Brasília, contou com a presença de representantes do CNAS do Maranhão, Pará, Pernambuco, Sergipe, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

Texto: Monica Donato – Assessoria de comunicação da Liderança do PRB na Câmara
Foto: Gustavo Souza

Comentário(s)

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *