Liberada emenda de R$ 1 milhão deputado Squassoni para o SUS em Guarujá

Squassoni - CMEA Saúde de Guarujá acaba de receber mais R$ 1 milhão do Ministério da Saúde, para a informatização do Sistema Único de Saúde (SUS) no Município. Trata-se de uma emenda parlamentar indicada pelo deputado Marcelo Squassoni (PRB-SP), já liberada aos cofres da prefeitura, que, agora, elabora edital de licitação para a aquisição dos equipamentos.

A verba servirá para equipar 22 unidades básicas de Saúde de Guarujá com aparelhos de informática capazes de promover a implementação do e-SUS, programa do Ministério da Saúde que visa melhorar o acesso, reestruturar e integrar as informações de Atenção Básica, por meio de medidas como o prontuário eletrônico, ainda não implantado nas unidades de Saúde do município, em razão da falta do aparato eletrônico necessário. Com isso, os prontuários dos pacientes deixarão de ser de papel e passarão a ser eletrônicos, podendo serem acessados em qualquer unidade de Saúde.

No total, o convênio garantirá a compra de 456 equipamentos, incluindo 204 computadores, 204 no-breaks, 37 impressoras, três computadores portáteis, três projetores multimídia, duas telas de projeção e dois tablets. O recurso foi indicado por Squassoni no início de 2017 e empenhado (reservado para pagamento) em julho passado. “Aprimorar os sistemas de informação e garantir plena conectividade da rede de Saúde de Guarujá é agilizar o atendimento e, consequentemente, aumentar o universo de pessoas atendidas”, projeta o deputado.

R$ 32,5 milhões

Até agora, Squassoni já indicou cerca de R$ 53 milhões em recursos para Guarujá, conquistados junto aos Governos Federal e Estadual, sendo que R$ 48 milhões foram para a Saúde. Com este novo repasse de R$ 1 milhão indicado pelo deputado, o montante já pago para a Saúde de Guarujá é de R$ 32,5 milhões. Outros R$ 5,8 milhões já estão empenhados (reservados para pagamento) pelo Governo Federal.

Desses R$ 53 milhões, o Hospital Santo Amaro recebeu R$ 23 milhões, da Caixa Econômica Federal, para o refinanciamento de dívidas trabalhistas e com fornecedores, a juros mais baixos e prazo maior. Outros R$ 7,1 milhões foram liberados pelo Ministério da Saúde para Guarujá como complementação por atendimentos de média e alta complexidades feitos na rede municipal em 2016, após o deputado ter articulado para reaver. Só em emendas parlamentares, já foram liberados para a cidade R$ 2,2 milhões, sendo R$ 1 milhão para a informatização do SUS, R$ 580 mil para a equipagem do Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), na Vila Júlia, e R$ 632 mil, em 2016, para a aquisição de equipamentos para o Ambulatório Referência de Especialidades (ARE, também conhecido como Unidade de Saúde da Mulher), na Vila Júlia.

Outras duas emendas já estão empenhadas pelo Ministério da Saúde e garantirão a construção de um novo CEO na Vila Júlia (R$ 2 milhões) e um novo ARE para o Distrito de Vicente de Carvalho (R$ 2,3 milhões). Recentemente, o Município recebeu ainda uma ambulância no valor de R$ 176,2 mil para atender ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), também por indicação do deputado Marcelo Squassoni.

Texto e fotos: Ascom – deputado Marcelo Squassoni

Comentário(s)

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *