CCJ do Senado aprova PL de Rosangela que inclui informação sobre deficiência em BO de vítimas da violência doméstica

khghgiuguhlgbO Projeto de Lei da Câmara (PLC) 96/2017 da deputada Rosangela Gomes (PRB/RJ) que garante mais direitos para as mulheres vítimas de violência foi aprovado na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado Federal. De acordo com a proposta, será obrigatória a inclusão no Boletim de Ocorrência (BO) sobre a condição preexistente de deficiência da mulher vítima da violência doméstica, ou ainda se a violência sofrida causou o surgimento ou agravamento da condição.

“A condição da vítima ser mulher e ter alguma deficiência dificulta e muito as chances dela se defender de um possível agressor, por isso a Lei Maria da Penha prevê esse aumento de pena. Porém, nem sempre esse fato é levado em consideração nas delegacias por falta de conhecimento da vítima e por não ser citado no momento da confecção do registro de ocorrência. Meu objetivo é proteger ainda mais as mulheres brasileiras que constantemente são vítimas de barbaridades dentro e fora de seus lares”, explica a deputada.

Com base na Lei Maria da Penha, o Código Penal Brasileiro determina que as penas de alguns crimes sejam aumentadas caso sejam praticados contra pessoas com deficiência. Exemplo disso são os crimes de lesão corporal e o feminicídio, que preveem aumento de pena de um terço se forem praticados contra pessoas com deficiência.

Dados coletados pela ONG Essas Mulheres revelam que 68% das denúncias de violência contra pessoas com deficiência se referem a mulheres, número que salta para 82% quando se trata de violência sexual. Ainda segundo a ONG, muitas mulheres deficientes encontram barreiras na comunicação da violência, e que, mesmo quando são entendidas, frequentemente têm seu depoimento desqualificado, sobretudo se possuem deficiência intelectual.

A matéria já foi aprovada pela Câmara dos Deputados e segue para análise da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado.

Texto: Ascom da deputada Rosangela Gomes
Foto: Douglas Gomes

Comentário(s)

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.