Lafayette de Andrada preside sessão que apura desastre em Brumadinho

 

Foto sobre Sessão Plenária Brumadinho em 13 02

No Plenário Ulysses Guimarães, o deputado Lafayette de Andrada (PRB/MG) comandou a sessão extraordinária da Comissão Geral destinada ao debate e a busca de possíveis responsabilidades no rompimento da barragem da Mina do Córrego do Feijão, em Brumadinho, Minas Gerais.

Na composição da mesa estavam presentes: o Secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais, Germano Vieira; o Procurador-Geral de Justiça do Estado de Minas Gerais, Antônio Sérgio Tonet; o Major do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, José do Carmo Barbosa; o Coordenador do Movimento dos Atingidos por Barragem, Thiago Alves da Silva.

A Câmara dos Deputados e o Senado Federal estão mobilizados para desativar as barragens de rejeitos de minérios que estão operando sem condições seguras para manter seu funcionamento.

Em defesa do seu Estado, o deputado mineiro Lafayette de Andrada tem trabalhado com essa bandeira no Congresso Nacional. Representado a voz do povo que clama por justiça, ele protocolou o Requerimento 81/2019, que cria a Comissão Especial destinada à elaboração de um novo Código de Mineração.

Para Lafayette, é necessário rever o modelo normativo da mineração no Brasil. “Precisamos de leis com métodos mais modernos e seguros na construção de barragens, além de maior rigor na punição dos agentes responsáveis por esses danos irreparáveis ao meio ambiente e também contra a vida dos moradores e trabalhadores de Brumadinho”.

Texto: Sheila Guelfi – Ascom do deputado Lafayette de Andrada
Foto: Sheila Guelfi – Ascom do deputado Lafayette de Andrada

Comentário(s)

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.