Brasil-Suécia: Maria Rosas promove debate sobre inovação e sustentabilidade

WhatsApp Image 2019-06-11 at 15.42.21Sob a presidência da deputada Maria Rosas (PRB-SP) foi reinstalada, na manhã desta terça-feira (11), o Grupo Parlamentar de Amizade Brasil-Suécia. A reunião contou com a presença do embaixador do país no Brasil, Per-Arne Hjelmborn, do primeiro vice-presidente da Câmara, deputado Marcos Pereira (PRB-SP), do presidente da Comissão de Meio Ambiente da Câmara, Rodrigo Agostinho (PSB-SP) e de representantes do governo sueco, que apresentaram dados sobre cooperação entre os países nas áreas de inovação e de sustentabilidade.

“Existem mais de 220 empresas suecas no Brasil, que empregam cerca de 60 mil pessoas. Apesar dos números serem bastante expressivos, acreditamos que as relações entre Brasil e Suécia têm potencial para alcançar patamares muito maiores. É por isso que estamos aqui reinstalando esse grupo”, adiantou a deputada Maria Rosas.

Durante o encontro foram apresentados dados que comprovam a excelência da Suécia em Pesquisa e Inovação. O país investe cerca de 3,4% do Produto Interno Bruto (PIB) em pesquisa e inovação, sendo referência em investimentos acadêmicos. Para o embaixador do país no Brasil, Per-Arne Hjelmborn, a educação é um dos principais fatores que levaram a nação nórdica ao número de sete pesquisadores por mil habitantes.

“Em 1842, há quase duzentos anos, introduzimos a educação básica para todos. O Brasil é um país criativo, mas, até agora, o sistema não permitiu muito desenvolvimento neste âmbito. Queremos inspirar a indústria brasileira a investir em conhecimento”. Maria Rosas, que é professora, concordou: “O caminho da mudança começa pela educação. Os princípios são ensinados às crianças desde cedo. Destaco a importância desse grupo para os dois países. Nós temos muito a ganhar”, disse.

O deputado Marcos Pereira ressaltou a sua experiência à frente do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços do Brasil no setor de inovação e pesquisa. “São de grande importância os assuntos que serão tratados neste grupo e aqui parabenizo a deputada Maria Rosas pela iniciativa. Quero me colocar à disposição do grupo para tratar desses temas no Parlamento”, afirmou.

De acordo com o conselheiro técnico e científico da Embaixada da Suécia, Jacob Paulsen, os pilares da Suécia para fomentar a educação estão no ensino da proficiência do idioma inglês, no financiamento da pesquisa pela indústria (cerca de 60% do que é investido para estudos acadêmicos é oriundo de empresas) – e em sustentabilidade.

O deputado Carlos Gomes (PRB-RS) ressaltou a política sueca de preservação do meio ambiente, sobretudo quanto à reciclagem e à gestão de resíduos sólidos. “Tenho bastante interesse na troca de experiências nesse âmbito e, como presidente do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustável do Parlasul, estou aqui para contribuir com o que for necessário para os temas avançarem na Casa”, disse.

A atuação dos deputados do PRB em favor da sustentabilidade foi destacada pelo deputado Rodrigo Agostinho (SB-SP), presidente da Comissão do Meio Ambiente da Casa. “Quero agradecer o apoio do PRB na discussão do Código Florestal semana passada. O partido foi uma das legendas que defendeu ferrenhamente a preservação ambiental quando houve uma tentativa recente de se anistiar o desmatamento brasileiro. O Brasil é um pais florestal e essa flora é importantíssima para todo o planeta”.

Texto: Fernanda Cunha e Mônica Donato – Ascom da Liderança do PRB
Fotos: Ascom da deputada Maria Rosas

Comentário(s)

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.