Carlos Gomes promove debate sobre proibir a criação de pássaros em cativeiro no Brasil

Carlos Gomes, Foto Douglas GomesA Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados promove, por iniciativa do deputado Carlos Gomes (PRB-RS), audiência pública, no próximo dia 21 de maio. Trata-se de reunião para debater o PL 3.264/2015, que proíbe a criação de aves, nativas ou exóticas, em cativeiro, em todo o território nacional.

“O objetivo do encontro é ouvir tanto quem é contra, como quem é a favor da proibição. Queremos saber em que condições vivem os pássaros criados em cativeiro no Brasil e quais seriam as consequências da sua soltura imediata, uma vez que não estão acostumados ao convívio na natureza”, sublinha o parlamentar.

De acordo com o relatório ‘State of the World’s Birds”, divulgado no ano passado pela ONG BirdLife International, o Brasil é o terceiro país com maior número de espécies de pássaros, são 1.811 catalogadas, sendo 169 delas consideradas em risco pelo documento.

Em justificativa, o PL cita que os pássaros necessitam, para o seu normal desenvolvimento, alimentação e reprodução, viver em liberdade e que estão adaptados a voar e explorar vastos espaços. O texto acrescenta ainda que “privar os animais do contato com o diversificado e estimulante ambiente natural, é um ato de crueldade”.

A proposta exclui da proibição a criação de passeriformes em cativeiro, quando a finalidade for, exclusivamente, com o fim de salvar a espécie de extinção e promover sua reintrodução nos ambientes naturais.

Foram convidados para o encontro, representantes da Diretoria de Proteção Ambiental (Dipro) do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama); o gestor do Sistema de Controle e Monitoramento da Atividade de Criação Amadora de Pássaros (SisPass), vinculado à Diretoria de Uso Sustentável da Biodiversidade e Florestas (DBFlo/Ibama); Rodrigo Ribeiro Mayrink, Perito Criminal do Departamento de Polícia Federal e autor da dissertação de mestrado intitulada “Exame pericial para detecção de fraudes em anilhas oficiais de passeriformes”; o professor Luís Fábio Silveira, do Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo; o professor Ricardo Bomfim Machado, do Departamento de Zoologia da Universidade de Brasília, e o senhor Sebastião Roberto, Diretor da Confederação Brasileira de Criadores de Pássaros Nativos (COBRAP).

Serviço
Audiência Pública da Comissão Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados
Dia 21 de Maio, às 14h.
Plenário 2 do Anexo II, Câmara dos Deputados.

Texto: Ascom do deputado Carlos Gomes (PRB-RS)
Foto: Douglas Gomes

Comentário(s)

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.