Deputado Lafayette propõe uniformização de atendimentos em órgãos públicos

46180191475_a7145df8e2_oO deputado Lafayette de Andrada (PRB/MG) apresentou o Projeto de Lei 3344/2019, que estabelece o funcionamento ininterrupto de atendimento presencial de órgãos públicos no horário das 8h às 18h. A ideia, segundo o deputado, é que os estabelecimentos públicos de todos os poderes – União, Estados e Municípios –, que tenham atendimento externo, estejam abertos à comunidade durante todo o horário comercial, inclusive no período de almoço. O atendimento seria ininterrupto, uniformizando o horário em todo o país, para garantir ao cidadão a possibilidade de resolução de suas demandas.

“Nada mais humilhante para o usuário do serviço público, principalmente para os mais humildes que moram ou trabalham em lugares distantes do centro das cidades, onde funcionam os principais órgãos da administração pública, do que ir a uma unidade administrativa estatal e ter que esperar por longo tempo para ser atendido, seja em razão de desconhecimento sobre o horário de funcionamento do serviço, seja em razão de qualquer alteração desse horário”, afirmou o deputado em sua justificativa. Além disso, muitos cidadãos deixam de ser atendidos, pois o expediente no órgão é apenas matutino ou apenas vespertino. Ocasionando confusão para o usuário.

Lafayette salienta que este horário – das 8h às 18h – seria um período mínimo regulamentar, podendo a unidade administrativa estender o atendimento em função do interesse público. O projeto regulamenta apenas o horário dos órgãos em todo o país, valendo por exemplo para atendimentos em prefeituras, postos do INSS, postos do Detran, atendimento da Receita Federal, etc.

O projeto foi protocolado na Câmara e aguarda designação de comissões.

Texto: Ascom do deputado Lafayette de Andrada
Foto: Douglas Gomes

Comentário(s)

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.