Projeto de Maria Rosas estimula a participação de pessoas com deficiência no mercado de trabalho

Maria RosasO “Emprego Apoiado”, programa que oferece atividades às pessoas com deficiência visando inserção profissional, já existe na Europa e Estados Unidos há mais de 30 anos. No Brasil, o projeto teve origem no então Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, em 2006, mas ainda não existe uma regulamentação para torná-lo mais efetivo. A deputada Maria Rosas (PRB-SP) apresentou o Projeto de Lei 2190/2019 que sugere a implantação de uma Política Nacional de Emprego Apoiado em parceria com órgãos governamentais.

“Precisamos oferecer uma mudança na estrutura do mercado de trabalho formal, que ainda apresenta dificuldades enraizadas e limitantes, como o preconceito. O programa dá oportunidade às pessoas, que até pouco tempo viviam escondidas do convívio social, impedidas de se tornarem independentes e atuantes na economia, no consumo e na geração de receitas para o Estado”, argumenta a parlamentar.

Maria Rosas lembra que são muitas as pessoas com deficiência que desejam trabalhar, enviam currículos, se inscrevem em agências de emprego, realizam cursos profissionalizantes, conversam com amigos e parentes, mas, apesar dos seus esforços, não conseguem ter acesso a um emprego ou trabalho pelos métodos convencionais. “Os preconceitos, as barreiras e as dificuldades impedem que elas consigam um emprego e nele se mantenham e progridam profissionalmente”, lamenta.

Rosas ressalta que inúmeros estudos e pesquisas comprovam a eficácia do “Emprego Apoiado” em âmbito internacional. “Ele se destaca dentre as políticas ativas de empregabilidade porque consegue inserir no mercado de trabalho essas pessoas segregadas, escondidas e excluídas que continuariam fora do convívio social e sem uma vida digna”, acrescenta.

Por: Mônica Donato – Ascom Liderança do PRB na Câmara
Foto: Douglas Gomes

Comentário(s)

Comentário(s)

3 comentários em “Projeto de Maria Rosas estimula a participação de pessoas com deficiência no mercado de trabalho

  1. Braz da Costa
    É necessário essa mudança,pois todos tem o direito de ingressar no mercado de trabalho pelos seus méritos de estudos e capacitação e não por deficiência,r raça ou cor! Deficiência tem seu lugar para ingressar no mercado de trabalho e pode ser para várias áreas! Acredito nessa mudança parabéns Deputada Maria Rosas

  2. Tão bom seria viver em um país que pessoas com qualquer tipo de limitação seja ela física ou intelectual não fosse tão discriminada mais ja que isso no momento não é pocivel por vivermos em um mundo que que o preconceito é velado mais existe é bom termos parlamentares com atitudes como a da Sra deputada Maria Rosas que tem sido uma incansável guerreira na defesa de causas tão nobres parabéns deputada

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.